NUNCA DESISTIR É O MEU LEMA DE VIDA.....
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

 Meus amigos encontrei, este post no blog do sr vereador Gabril Costa
achei interessante, porque muitas vezes dá-se o nome sem que a população seja ouvida nem achada sobre o assunto.
CITO:
No passado sábado, dia 11, foi homenageado o Prof. Dr. Victor Aguiar e Silva, reputadíssimo académico e natural da povoação de Real. A homenagem, pobremente concorrida de penalvenses, teve o mérito de trazer até nós, o que de melhor há nas universidades portuguesas no campo das ciências da literatura.
Na cerimónia de abertura e boas-vindas, ouvi com agrado o Presidente da Câmara, que pela primeira vez teve um discurso bem estruturado, deixando para trás os óbviamente " e os "vamos lá a ver". Com sobriedade, falou sobre o homenageado não poupando elogios, mas não entrando na louvaminhice .
Gostei, sobretudo, da parte em que defendeu o actual projecto arquitectónico da biblioteca, contrariando tudo o que até agora lhe tinha ouvido. Ainda bem que reconheceu, publicamente, que a escolha daquele projecto tinha sido uma boa decisão do Executivo a que presidi no mandato de 1993/1997.
Mas, o que me leva a escrever, é o facto de ter contrariado, na reunião da Câmara no dia anterior, uma proposta apresentada para que fosse dado o nome de Victor Aguiar e Silva à Biblioteca Municipal.
Enche-nos de satisfação que este conhecidíssimo académico seja natural do nosso concelho. Não quero, com a opinião aqui manifestada, retirar qualquer mérito a quem o tem e merece, mas, tão-somente, dar testemunho do que penso em relação em relação à atribuição de um nome, seja ele qual for, à Biblioteca.
1 - Parece-me que, na escolha do nome, deve ser incluída a possibilidade de ouvir a Assembleia Municipal e toda a população que queira participa, esta, através e um período aberto a sugestões dos munícipes;
2 - A forma precipitada como a proposta foi feita e sem qualquer aviso prévio aos restantes Vereadores, não constando sequer da Ordem de Trabalhos e aproveitando facto da homenagem ser no dia seguinte, pareceu-me formatada por algum oportunismo;
3 - Com grande pena minha e, certamente de todos nós, o único activo que se conhece do Prof. Dr. Aguiar e Silva em relação ao concelho de Penalva do Castelo, foi facto de cá ter nascido. Ora, pelo menos para mim, nascer-se em qualquer lugar, não passa de um desígnio divino, ou, quando muito, de um acaso de natureza familiar ou outra;
4 - O facto de -atrevo-me a afirmar- não haver mais de 3 a 5% de penalvenses que conhecem os méritos, a nomeada internacional e a brilhante carreira do Prof. Dr. Aguiar e Silva, iria banalizar e sujeitar a críticas injustas o seu nome;
5 - Sendo natural de Penalva do Castelo e um Homem de cultura, não se lhe conhece alguma oferta, apoio, escrito de mérito ou obra que verse, promova ou fale sobre a sua terra, e que possa justificar, publicamente, tal atribuição;
6 - Tenho a certeza, que, ao tomar conhecimento da forma -precipitada e não alargada- como o seu nome fora escolhido, sentiria algum incómodo.
Assim, não estando em causa a pessoa, está em causa a forma.
O Prof. Dr. Aguiar e Silva, merece ser conhecido no concelho e que a atribuição do seu patronímico à Biblioteca Municipal, seja consensual e respeitada.

ver a origem do post: 
Gabril costa
publicado por esperânça condicionada às 11:36
sinto-me:


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24

28
29
30
31


links